Descubra o que é Psicologia das Cores e como aplicá-la ao Marketing

Descubra o que é Psicologia das Cores e como aplicá-la ao Marketing

Você sabia que as cores tem o poder de nos transmitir sentimentos e sensações? As cores são capazes de influenciar nosso humor, organismo e nos fazer tomar decisões com base na experiência que tivemos. Por este motivo, existe um estudo aprofundado sobre como o cérebro humano identifica as cores e as relaciona com emoções, que é a Psicologia das Cores.
No marketing cada detalhe é pensado para que cause impacto no consumidor de uma determinada forma que o estimule a realizar uma ação ou adquirir o produto ou serviço. Portanto, é muito importante estudar as cores para entender o significado delas e saber como usá-las nas estratégias.
Para te ajudar, mais informações sobre o que é a Psicologia das Cores, porque ela é importante e, claro, como aplicá-la ao seu marketing digital. Então, vamos lá?

O que é Psicologia das Cores?
Bom, vamos começar com uma viagem no tempo. Legal, né? Em 1666, Isaac Newton descobriu as cores primárias — provavelmente você ouviu sobre elas na escola — ao perceber que a luz branca, ao passar por um prisma, separava-se em diversas outras cores.
Essas outras cores junto com as primárias geravam as secundárias. Essa descoberta abriu caminho para o cientista alemão, Johann Wolfgang Von Goethe, escrever o livro Teoria das Cores. A obra traz uma percepção de que a cor não depende somente do ambiente e da luz. É preciso levar-se em conta a impressão que cada um tem sobre o objeto de maneira individual.
Com o passar do tempo e novos estudos, surgiu o termo “Psicologia das Cores”. Esse estudo busca compreender como a cor é percebida pelo cérebro humano, os efeitos que cada cor transmite, como mudanças nas emoções, nos sentimentos, a criação de desejos e muito mais.
Por isso é tão importante entender como cada cor influencia nosso comportamento. E assim construir estratégias de marketing que sejam realmente assertivas e alinhadas com os objetivos.
A importância das cores e seus significados
Existem diferentes fatores que despertam em nós a necessidade de saber e adquirir um produto ou serviço. Como vimos até agora, as cores também tem esse poder de influência. Estudos apontam que:
84,7% dos consumidores acreditam que as cores de um produto são muito mais importantes do que outros fatores;
93% das pessoas avaliam as cores de um produto na hora de comprar;
Mais da metade dos consumidores desistem de comprar um produto porque ele não tem sua cor favorita.
Ou seja, não deixe de lado a Psicologia das Cores ao construir a imagem da sua empresa. Uma decisão equivocada da cor da sua marca, produto ou anúncio pode acabar prejudicando seus resultados.
Porém, antes de sair por aí escolhendo as cores aleatoriamente ou apenas porque gosta, vamos descobrir o significado de algumas e quais sensações elas transmitem:
Amarelo
O amarelo é uma cor quente que transmite otimismo e energia. Também tem a capacidade de chamar a atenção das pessoas e estimular a concentração. Por essa razão é frequentemente usada em CTAs (Call To Action).
O amarelo também é associado ao conforto, felicidade e fome. Isso mesmo, as marcas a usam para estimular o apetite, como Burger King e McDonald’s.

Vermelho
O vermelho é uma cor primária, extremamente chamativa. Por isso é muita usada em promoções. Assim como o amarelo, o vermelho também é associado à fome, geralmente usado por empresas do ramo alimentício.
Essa cor é usada para transmitir a sensação de alta intensidade e confiança. E também é relacionada ao amor, paixão, calor, perigo, violência, ira e outros sentimentos.

Azul
O azul possui diferentes tons e é relacionado com calma, serenidade e tranquilidade. Por isso, é muito utilizado no meio corporativo representar profissionalismo, estabilidade e segurança.
Outros sentimentos que estão relacionados com a cor azul, de acordo com a Psicologia das Cores, são: lealdade, tranquilidade, confiança; limpeza, frio e outros.

Laranja
O laranja é uma cor secundária e, assim como o vermelho, transmite a ideia de excitação e desejo de ação. Mas o laranja não chega a ser tão impactante.
A Psicologia das Cores atribui a sensação de alegria, sociabilidade e animação para o laranja. Outros sentimentos relacionados a essa cor são: humor, energia, calor, extravagância, entusiasmo e amigabilidade.

Roxo
O roxo traz a sensação de calmaria e tranquilidade também estão relacionados com o roxo. Por essa razão, vários temas espirituais e ligados à fé são representados com esta cor.
O roxo também é frequentemente relacionado à tecnologia e inovação, pois é uma cor chamativa, que conota inovação, extravagância, modernidade.

Verde
O verde está associado com a saúde, a vitalidade, a natureza e fertilidade. Para os psicólogos, essa cor possui a capacidade de acalmar as pessoas e aliviar o stress.
Essa cor também transmite a sensação de frescor e por isso muitas marcas de higiene fazem uso dela. No ambiente corporativo, as empresas costumam usar o verde para uma ideia de coerência, especialmente quanto ao atendimento ao cliente e o relacionamento com ele.

Rosa
Assim como o azul, o rosa possui diferentes tonalidades e tende a transmitir delicadeza, simboliza inocência, romantismo e proteção. O rosa costuma ser utilizado em marcas femininas e infantis. Além disso, esse tom também é usado em lojas jovens e as que vendem doces.
Isso acontece porque a cor transmite a sensação de inovação e diferenciação, despertando o desejo e a atenção do público por conhecer algo novo e diferenciado.

Como aplicar esse estudo no Marketing?
Como vimos, as cores estimulam nosso cérebro e provocam sentimentos e sensações, positivos ou negativos. Mesmo que a percepção seja relativa, cada tom de cor possui um sentido amplo e que pode ser usado de forma geral.
Ao começar a estruturar o seu negócio é fundamental que você pense na mensagem, sentimento ou sensação que você quer transmitir ao seus clientes. Também é importante que você se questione sobre a mensagem que a sua persona precisa receber. Por fim, faça uma análise da sua concorrência e confira quais são as cores que eles utilizam.
A partir daí você já tem uma base para começar a definir as cores. Lembre-se de destacar as características do seu negócio, de modo que ele seja reconhecido sem que uma palavra seja dita.
O uso correto das cores também é responsável por um aumento significativo nas conversões, seja de anúncios, e-mails ou formulários. É importante que o botão tenha uma cor de destaque para chamar a atenção do usuário e incentivá-lo a completar a ação.
Nesse caso não há como escolher uma cor própria ou especial, é importante que você avalie as cores que vem utilizando e escolha alguma que combine com elas, mas que tenha destaque.
Apesar da Psicologia das Cores ser muito importante, muitas empresas ainda negligenciam esse fator. Mas é importante ressaltar que as cores fazem toda a diferença no seu projeto. Por isso, procure estudar sobre isso ou contar com o apoio de um designer.
Quer receber conteúdos como este diretamente na sua caixa de entrada? Assine nossa newsletter!


Source link

Seja o primeiro a comentar
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*